As Pequenas Virtudes

As Pequenas Virtudes PDF, TXT, FB2. ePUB. MOBI. O livro foi escrito em 2021. Procure um livro sobre nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
DIMENSÃO
3,36 MB
NOME DO ARQUIVO
As Pequenas Virtudes.pdf
ISBN
1162860477197

DESCRIÇÃO

Escritos entre 1944 e 1962, situados entre o ensaio e a autobiografia, os onze relatos de As pequenas virtudes são um marco da escrita memorialística do século XX. Sem idealizações nem sentimentalismos, As pequenas virtudes é fruto de uma prosa límpida, aliada ao vigor típico dos escritores que, ao falar de coisas simples, revelam as questões humanas mais profundas. Nestes onze textos, a escritora italiana Natalia Ginzburg não faz delimitações entre as dimensões social e histórica, construindo uma obra singular e de raro afeto.O livro é dividido em duas partes. A primeira se atém a deslocamentos — como o período em que a autora morou em Londres — e a retratos de duas figuras centrais em sua vida: o poeta Cesare Pavese, de quem ela foi amiga, e Gabriele Baldini, seu segundo marido. Na segunda, figuram ensaios poderosos, como “O filho do homem”, uma avaliação das sequelas da guerra recém-terminada; “O meu ofício”, em que Ginzburg explora as relações entre escrita e verdade íntima; e o texto que dá título a este volume, um elogio extraordinário às verdadeiras grandezas humanas. Breve e imenso, simples e original, As pequenas virtudes é um livro inesquecível. Ao retratar uma vida marcada por perdas, desterros e humildes alegrias, Natalia Ginzburg constrói uma obra luminosa, cheia de carinho e de genuíno amor às pessoas e às palavras. “Uma lição de literatura.” — Italo Calvino“Com lucidez e uma valentia a toda prova, Natalia Ginzburg nos mostra seus personagens quando não eram heróis nem vítimas; quando eram falíveis, quando era possível amá-los menos. E por isso os amamos mais.” — Alejandro Zambra“Ginzburg é inconfundível. Suas observações são rápidas e exatas, geralmente irradiadas através de humor indisciplinado e satírico. Sua voz é pura, fascinante, elegantemente moldada pela autoridade de uma inteligência poderosa.” — The New York Review of Books Cover design or artwork by Loureiro, Raul

Lançado em 1962, é considerado uma das grandes obras da escrita memorialística do século XX. Trata-se de ... Um pequeno grande livro.

E imagine tudo isso feito com essa linguagem tão dela que, a essa altura, já estamos mais que afeiçoados. No livro, o padre escolhe 13 - como ele diz - "pequenas virtudes" que considera que toda família deve ter, sobretudo a cristã. É obvio que nem todas as virtudes nascem "naturalmente" conosco, porém, as que não temos, devemos nos exercitar para tê-las, pois elas são essenciais para que se tenha um lugar harmonioso e onde reine a paz. As pequenas virtudes do lar (Ed.

LIVROS RELACIONADOS