Saúde Coletiva Para Iniciantes - Políticas e Práticas Profissionais - Série Eixos - Ambiente e Saúde

Saúde Coletiva Para Iniciantes - Políticas e Práticas Profissionais - Série Eixos - Ambiente e Saúde - Solha,Raphaela Karla de Toledo | Nisrs.org Temos o prazer de apresentar o livro . em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Solha,Raphaela Karla de Toledo
DIMENSÃO
10,13 MB
NOME DO ARQUIVO
Saúde Coletiva Para Iniciantes - Políticas e Práticas Profissionais - Série Eixos - Ambiente e Saúde.pdf
ISBN
2009426023507

DESCRIÇÃO

Transmitindo os conhecimentos básicos necessários para uma atuação consciente em Saúde Coletiva, esta obra traz uma parte da evolução histórica do processo saúde-doença, além de conceituar e diferenciar a promoção da saúde e a prevenção de doenças. Aborda as políticas públicas de saúde no Brasil, a organização e a evolução do Sistema Único de Saúde (SUS), e também explica os fundamentos para o estudo das doenças transmissíveis e do sistema imunológico. Trata da educação para a saúde, ensinando a planejar, conduzir e avaliar aulas e grupos educativos voltados à população. Traz exercícios práticos e sugestões de atividades complementares que facilitam o aprendizado. O conteúdo pode ser aplicado para os cursos técnicos em Agente Comunitário de Saúde, Análises Clínicas, Biotecnologia, Cito patologia, Cuidados de Idosos, Enfermagem, Farmácia, Gerência em Saúde, Hemoterapia, Nutrição e Dietética, Vigilância em Saúde, entre outros.

Cien Saude Colet 2003; 8(3):691-701.. Por isso, desde cedo, a prevenção deve estar focada na adoção de hábitos saudáveis, para que crianças e adolescentes instituam um estilo de vida adequado na fase adulta, prevenindo futuros problemas de saúde 4 4. Devem apoiar as necessidades dos indivíduos e das comunidades para uma vida saudável e abrir o diálogo entre o sector da saúde e outras áreas como a social, política, económica e ambiental (OMS,1986).

Por isso, desde cedo, a prevenção deve estar focada na adoção de hábitos saudáveis, para que crianças e adolescentes instituam um estilo de vida adequado na fase adulta, prevenindo futuros problemas de saúde 4 4. Devem apoiar as necessidades dos indivíduos e das comunidades para uma vida saudável e abrir o diálogo entre o sector da saúde e outras áreas como a social, política, económica e ambiental (OMS,1986). Os profissionais dos CSP, enquanto profissionais de saúde, não podem actuar directamente nas componentes de nível governamental, mas ... profissional na saúde, a partir de quatro eixos de ação, a saber: ações de atendimento direto aos usuários12; ações de mobilização, participação e controle social; ações de investigação, planejamento e gestão; ações de assessoria, qualificação e formação profissional.

LIVROS RELACIONADOS