Negros e Alvos: A Exceção Não Pode Servir Para Exemplo

Negros e Alvos: A Exceção Não Pode Servir Para Exemplo - Campos,Monahyr | Nisrs.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Campos,Monahyr
DIMENSÃO
7,68 MB
NOME DO ARQUIVO
Negros e Alvos: A Exceção Não Pode Servir Para Exemplo.pdf
ISBN
7354037370447

DESCRIÇÃO

“Para enfrentar a ordinária e corriqueira estupidez racista, esta, até certo ponto, propositalmente caricatural na peça, a personagem desenvolve e acredita em um modo de vida que supera as questões raciais. A palavra “alvo” é polissêmica, às vezes querendo dizer o contrário de negro [...]; em outros momentos revelando um norte para rompimento da estrutura sólida da sociedade [...]; há também a questão do próprio negro ser o alvo, pois a manutenção da sociedade tal como esta passa necessariamente pela imobilidade social e cultural dos negros [...]; por fim, alvo também significa a identificação daquele que oprime e, por esta razão, deve ser vencido.” (Jorge Dantas)

Início. Compre online Negros e Alvos. A Exceção não Pode Servir Para Exemplo, de Monahyr Campos na Amazon.

A trilha sonora desdobrou em um espetáculo de música e dança. Na área da educação, por exemplo, é possível comemorar as reduções das diferenças entre negros e brancos em relação ao número de anos de estudo formal ou nos índices de analfabetismo. A taxa de analfabetismo em 1992 era de 10,6% para brancos e 25,7% para negros; em 2009, 5,94% para brancos e 13,42% para negros. O Senado é a única exceção, tendo instituído a reserva de 20% das vagas para negros e pardos em seus concursos e contratos de terceirização.

LIVROS RELACIONADOS