Depressões

Depressões - Müller,Herta | Nisrs.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Müller,Herta
DIMENSÃO
9,26 MB
NOME DO ARQUIVO
Depressões.pdf
ISBN
9645726436488

DESCRIÇÃO

Há uma grande e amarga ironia histórico-literária que emana de autores como a romena naturalizada alemã Herta Müller, a consagrada autora dos contos de Depressões. Se, de início, em obras como Robison Crusoe, de Daniel Defoe, a então nova prosa de ficção ainda podia louvar o herói capitalista, empreendedor e individualista, pouco depois, já a partir da Revolução Francesa e das jornadas revolucionárias do século XIX, a prosa de ficção se torna, como nos grandes autores russos e, principalmente, no naturalismo e no realismo, em Flaubert como em Zola, a forma por excelência de “desconstrução” crítica da sociedade burguesa. Sociedade burguesa que o socialismo da Romênia natal de Herta Müller deveria sepultar, sepultando assim, de roldão, a arte crítica, que passaria então a ser arte “revolucionária” ou “popular”. Mas, como se sabe, as coisas não saíram conforme planejado. Daí as obras de autores como Pasternak, Soljenítsin, Kertész – e Herta Müller. Se há em Müller ecos de Brecht, de Kafka, de Beckett, a sociedade que ela “desconstrói” – ainda que não explícita ou diretamente – é, porém, socialista. Por um lado, isso serve para reforçar, através da arte, o que a história e a política já decretaram: a falência do chamado “socialismo real”, apesar dos não-eventuais saudosistas. Por outro lado, demonstra que a literatura, em que pese o reinado da cultura de massa, ainda tem muito a dizer sobre a dimensão política da condição humana. Por exemplo, que a velha e persistente questão entre pão e liberdade (capaz de levar defensores do regime cubano a ainda o apoiarem em nome da oferta de “pão”, apesar da desoferta de liberdade), é uma falsa questão: pois nem só de pão vive o homem. E se a miséria no sistema liberal capitalista torna a liberdade uma falácia, a opressão nas ditaduras de todas as cores torna o pão insuficiente. A realidade, enfim, é mais complexa do que pretende a vã ideologia. Daí ainda precisarmos de escritores como Herta Müller.

Apresentam intenso acúmulo de sedimentos e podem ser formadas por rochas sedimentares ou cristalinas. Definição ou significado de depressão no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa. PSICOLOGIA estado mental caracterizado pela persistência de sintomas como apatia, desânimo, melancolia, cansaço e ansiedade Significado de Depressões no Dicio, Dicionário Online de Português.

Há diversos tipos de depressões, que vão desde aquelas que são reações a acontecimentos traumatizantes até outras extremamente graves, verdadeiras doenças depressivas, chamadas depressões maiores, ou ... As depressões geográficas constituem uma das classificações do relevo brasileiro, que também conta com outras divisões, como planaltos, planícies e montanhas.São as áreas que possuem as altitudes mais baixas do planeta, tendo como principais características a superfície irregular e com inclinações, apesar de plana. Notícias ao Minuto - Depressões Elsa e Fabien. 17º Última Hora.

LIVROS RELACIONADOS