A Vida a Partir dos 40 - Conflitos, Desafios e Reconstruções

A Vida a Partir dos 40 - Conflitos, Desafios e Reconstruções - Balbinotti,Helena Beatriz F. | Nisrs.org Temos o prazer de apresentar o livro . em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Balbinotti,Helena Beatriz F.
DIMENSÃO
12,35 MB
NOME DO ARQUIVO
A Vida a Partir dos 40 - Conflitos, Desafios e Reconstruções.pdf
ISBN
7155880314007

DESCRIÇÃO

A autora - ao reconhecer que a prolongação da vida humana é uma realidade incontestável - de forma simples e profunda transita sobre os envolvimentos desse período, que denomina de Adulto Maduro. Dedicado aos estudantes, profissionais e indivíduos em geral, este livro amplia os conceitos sobre a psicologia e a psicanálise para os adultos maduros, de hoje e do futuro. Seu propósito é dirigir um recado aos jovens e um convite aos adultos maduros sobre esse fenômeno relativamente novo - a expectativa de envelhecer. Pensar a vida a partir dos 40 anos até idades centenárias, conforme previsões estatísticas, e planejar a segunda etapa da vida, exige resgatar o positivo da fase, transformando as angústias em ações, adotando atitudes acertadas, em um entrelaçamento inconsciente, consciente, responsável, individual e coletivo. Por entender ser impossível não se envolver nesse esforço, em um momento em que um indivíduo inicia a mais longa etapa existencial de sua vida, o livro procura oferecer, através da interação de subjetividades, um encontro deste indivíduo consigo mesmo e com o outro. A maioria dos leitores deste livro chegará aos 80, 90, 100 anos de idade ou mais. Muitos deles são jovens que não se deram conta de que o envelhecimento é algo presente e ativo em cada um. Outros leitores, já como adultos maduros, entenderam que envelhecer é obrigatório, porém amadurecer é opção. Como viver esta fase de forma leve, mas responsável, é uma proposta imprescindível aos que desejam percorrer o caminho da longevidade que não é linear, mas que pode ser de construções e travessias.

Mas um dos grandes problemas na hora de ter conversas difíceis, é que não temos clareza da nossa intenção ao ter uma. Com certeza, boa parte dos conflitos internos, do racismo estrutural, da violência institucional, social e politica e da pobreza que ainda persistem nos EUA até os dias de hoje, em que os últimos acontecimentos que culminaram com a invasão do Congresso americano há poucos dias, por extremistas de direita e de extrema direita, instigados por um discurso falso e de ódio de Trump ... 11.8 PÓS-EXILIO (DOMINAÇÃO PERSA) 538-333 a.C. Na aula anterior vimos que o reino de Judá experimentou um fim trágico quando o rei da Babilônia, Nabucodonosor, em 587/6 a.C invadiu Jerusalém destruiu seus muros, arrasou o Templo e deportou parte da população para o exílio na Babilônia. Conflito Não Exteriorizado.

Esse conflito colocou duas potências de orientação ideológica distinta na disputa pela supremacia internacional. Os americanos representavam o capitalismo e os soviéticos representavam o comunismo.A Guerra Fria nunca gerou um conflito armado ... profundidade os desafios e possibilidades da seleção por competências.

LIVROS RELACIONADOS