Edição antiga - Homem Não Chora - Conforme a Nova Ortografia

Edição antiga - Homem Não Chora - Conforme a Nova Ortografia - Souza,Flávio de | Nisrs.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Souza,Flávio de
DIMENSÃO
3,13 MB
NOME DO ARQUIVO
Edição antiga - Homem Não Chora - Conforme a Nova Ortografia.pdf
ISBN
2089389646239

DESCRIÇÃO

Em edição reformulada, Homem não chora chega em novo formato e com belas ilustrações de Riba Tavares, a partir da montagem de cenários com bonecos de massinha, fotografados por Edu Barcellos.Diante das atitudes do pai ao perder o emprego (tristeza, preocupação, introversão) e ao encontrar outro (choro de alegria), um menino pequeno passa por um momento de insegurança, pontilhado por dúvidas, inquietações, descobertas.Seus questionamentos a respeito do tema "homem não chora" são balizados pelas diversas possibilidades de pontuação que o narrador usa para a frase-título, criando fechos originais para cada episódio. Tudo isso faz do texto uma história rica e terna, com um desfecho que reafirma o homem como um ser que sente - e, portanto, ri, chora, sofre, ama.

Somente em 1986, estudiosos dos dois países voltaram a tocar na reforma ortográfica tendo, pela primeira vez, representantes de outros países da comunidade de língua portuguesa. Na obra "Um Homem não Chora", Luís Sttau Monteiro dá a conhecer a sociedade do Estado Novo. Como lhe é habitual, a partir do conflito interior de um homem, não só em relação ao seu casamento, mas também em relação ao contexto político-social da época, remete-nos para a realidade social do seu tempo. De acordo com a Resolução da Assembleia da República n.º 35/2008, que aprova o Acordo do Segundo Protocolo Modificativo ao Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, adoptado na V Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, realizada em São Tomé em 26 e 27 de Julho de 2004, e publicada em Diário da República, 1.ª série — n.º 145 ... Embora o principal objetivo do novo Acordo Ortográfico seja a unificação da ortografia da língua portuguesa em todo o espaço lusófono, a mesma não é totalmente atingida.

Podemos não concordar com o Acordo Ortográfico, mas é importante olhar para a história e constatar a evolução da Língua Portuguesa. O uso do hífen conforme o Acordo Ortográfico de 1990 refere-se ao emprego desse sinal de pontuação na língua portuguesa de acordo com a ortografia estabelecida do Acordo Ortográfico de 1990.Esse tratado internacional, assinado pelos países com essa língua como idioma oficial, implicou várias alterações em relação aos regulamentos ortográficos anteriores: o Acordo Ortográfico de ... Uma nova tentativa reuniu novamente os representantes. Desta vez, em 1975, quando Portugal não aceitou a imposição de novas regras ortográficas.

LIVROS RELACIONADOS