Os Viventes

Os Viventes - Nejar,Carlos | Nisrs.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Nejar,Carlos
DIMENSÃO
6,15 MB
NOME DO ARQUIVO
Os Viventes.pdf
ISBN
3832929514408

DESCRIÇÃO

OS VIVENTES Carlos Nejar OS VIVENTES pode ser comparado a uma Comédia Humana em miniatura. Para contar em versos a análise do ser humano nas tarefas mais singelas do espírito e as histórias dos grandes mitos, Nejar adicionou aos 66 personagens que povoaram a primeira edição (1979) mais 113, em verdadeira profusão poética. São carteiros, pintores, escritores, médicos, vultos da infância, músicos, lavradores, construtores, animais, além de figuras clássicas como os bufões de Velásquez, insanos de Goya, Eva, Adão, Ulisses, Moisés, entre outros. O poeta Carlos Nejar levou vinte anos para ampliar a obra e anexar novos territórios à palavra. As personagens não são apresentados como objetos de uma admiração passiva. Eles são co-criadores e os protagonistas de uma saga. Mitos como Narciso, Sísifo, Tântalo e Caronte reescrevem suas histórias com o fôlego da contemporaneidade. Não há como saber se Nejar sonhou com "os viventes" ou se foram "os viventes" que o sonharam. O que se tem certeza é que, satíricos ou líricos, épicos ou dramáticos, sábios ou experientes, todos que por falta de tempo calaram tomam o tempo e ressurgem plenos de sentido nesta "alma geral" que reside em OS VIVENTES.

Estes seres viventes, embora com características de Deus, aqui se manifestam como querubins. Eles têm asas, demonstrando com isso que Deus age em todos os lugares e sem parar.

Então não são apenas 24 anciãos no livro do Apocalipse mas são milhares que revesam na adoração ao Senhor. Os turnos de sacerdotes estabelecidos por Davi era caracterizado por um constante revezamento. D~ ZGc.oj£as ® LUIZ FELIPE DE ALENCASTRO 0 trato dos viventes Forma~ao do Brasil no Atldntico Sul Seculos XVI e XVII 5~ reimpressiio SBD-FFLCH-USP ... Mais tarde, noutra visão, Ezequiel identificou essas quatro criaturas viventes como "querubins", que são anjos muito poderosos.

LIVROS RELACIONADOS