Heidegger - Figuras do Saber

Heidegger - Figuras do Saber - Salanskis,Jean Michel | Nisrs.org PDF, TXT, FB2. ePUB. MOBI. O livro foi escrito em 2021. Procure um livro sobre nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Salanskis,Jean Michel
DIMENSÃO
8,30 MB
NOME DO ARQUIVO
Heidegger - Figuras do Saber.pdf
ISBN
4873953745306

DESCRIÇÃO

Entre os filósofos que se inscrevem na famosa – e talvez mítica – genealogia inaugurada por Platão, Martin Heidegger (1889-1976) é historicamente o mais próximo de nós.Este livro é uma tentativa de apresentação de seu pensamento, de acordo com uma ordem que não é a da própria obra: em vez disso, propõe-se uma espécie de reconstrução pedagógica.Primeiramente, são expostas duas grandes intuições de Heidegger: a da existência e a da diferença ontológica entre ser e ente. Em seguida, são avaliados os desdobramentos contemporâneos da obra heideggeriana, assuntos de reflexão, debates ou orientações dela provenientes e importantes em nosso mundo. Desse modo, são abordadas questões como as da técnica, da hermenêutica (pensamento radical da interpretação), de certa concepção da história da filosofia e da ideia de “vizinhança entre pensamento e poesia”.Finalmente, o leitor é introduzido no debate acerca do relacionamento de Heidegger com o nacional-socialismo, propondo-se algumas reflexões a título de conclusão.

Com a ascensão de Hitler ao poder, em 1933, Heidegger se filia ao Partido Nazista e esta é sua ação mais contravertida. Breve Biografia. Martin Heidegger Nasceu na cidade de Messkirch em 1889 na Alemanha e veio a falecer em 1976, Freiburg- Alemanha com 87 anos de idade..

144 Heidegger ainda parece preso a isto que ele chama de linguagem da metafísica, uma vez que o livro, sendo, como o próprio filósofo coloca, uma analítica existencial do Dasein 4, centra-se na figura do homem e ao fazer sua analítica a própria linguagem faz parecer Dá-se através do manuseio, do uso, do contato com os entes "que vêm ao encontro dentro do mundo", com instrumentos, e esse modo de ser-em é denominado ocupação (Besorgen). O que Heidegger chama de instrumento não são apenas os objetos que utilizamos para fazer alguma coisa, mas tudo com que nos deparamos em nosso mundo e assume um sentido dentro dele (a lua é também um instrumento ... Heidegger Jean-Michel Salanskis Neste livro, Jean-Michel Salanskis propõe uma espécie de reconstrução pedagógica do pensamento de Martin Heidegger.

LIVROS RELACIONADOS