Caminhar e Parar

Caminhar e Parar - Careri,Francesco | Nisrs.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em nisrs.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Careri,Francesco
DIMENSÃO
11,87 MB
NOME DO ARQUIVO
Caminhar e Parar.pdf
ISBN
4865493610239

DESCRIÇÃO

Em seu livro anterior Walkscapes. O Caminhar como prática estética, Francesco Careri eleva o ato de caminhar à categoria de arte. Em suas páginas, ele nos faz descobrir o andar como instrumento cognitivo e criativo, capaz de transformar o espaço de forma simbólica e física. Trata-se de um estudo que, com os anos, acabou convertendo-se em um clássico da bibliografia do caminhar. Como continuação desse primeiro livro, Caminhar e parar dá um passo à frente e introduz a experiência da pausa, do deter-se, no ato de caminhar. Essa experiência específica surgiu com base nas ações e reflexões que Careri foi elaborando ao longo de vinte anos, em suas aulas como artista, arquiteto e professor do Laboratorio Arti Civiche da Università degli Studi Roma Tre. O livro reúne diferentes artigos que nos conduzem a Stalker, à morte de Constant, às cidades dos ciganos rom, a diversas deambulações por cidades latino-americanas e a outros episódios que nos levam a olhares diversos sobre o passear e o deter-se. O corpus teórico e experimental de Careri mostra-se, nestas páginas, com todo o vigor e, como já fizera anteriormente com Walkscapes, nos introduz num universo novo e surpreendente: o universo da ética e da estética do caminhar, e agora, também do deter-se.

Caminhar como forma de aprendizado de um realidade que desconhecemos por falta de prática. Por medo da insegurança.

É quando eu fico por baixo que a verdade se esfrega nos meus olhos e se infiltra pelos meus poros. Outra hipótese: caso você já praticou corrida e teve que parar por causa de uma lesão, a caminhada também pode ser uma ótima opção para retomar o condicionamento, sem impacto. Independente do seu perfil, caminhar sempre será uma ótima opção pela simplicidade, além do pouco impacto e da facilidade de encaixar na rotina. Há outras horas, porém, que a gente pode se permitir errar de caminho, tentar um curso e largar no meio, encontrar e largar alguém.

LIVROS RELACIONADOS